7 vantagens de morar em apartamentos que você deve considerar

vantagens de morar em apartamentos

Comprar um novo imóvel requer a análise de uma série de fatores, sendo o principal deles relacionado ao tipo de moradia ideal para você e sua família. Reconhecer as vantagens de morar em apartamentos ou em casas é o primeiro passo para que se tome uma decisão consciente, ficando, assim, livre de possíveis arrependimentos.

Muitas vezes, os benefícios e prejuízos de cada tipo de imóvel não se tornam perceptíveis até que você esteja vivendo nele. Por isso, conhecê-los antecipadamente ajudará você a colocá-los na balança para compreender o que será mais vantajoso diante das suas necessidades. Mas como saber o que o espera em cada tipo de oferta?

Pensando nisso, criamos este post que listará as principais vantagens de morar em apartamentos e, desse modo, você entenderá se elas são capazes de superar os benefícios de viver uma casa — tanto em termos de economia quanto em comodidade e qualidade de vida. Então, continue a leitura e descubra a resposta!

1. Mais segurança

Especialmente em grandes centros urbanos, como a região metropolitana de São Paulo, segurança é um dos fatores que mais pesa na hora de escolher a melhor opção de imóvel. Não somente em relação à integridade do seu patrimônio, mas também em relação a você e seus familiares.

É incontestável que toda a infraestrutura de segurança oferecida por um condomínio de apartamentos, como portaria, interfones, circuito interno de vídeo etc., custaria muito mais caro para ser mantida em uma casa, até por não ser compartilhada com os vizinhos.

Se você tem crianças e adolescentes em casa, o quesito segurança se torna ainda maior quando adicionado ao quadro de vantagens de morar em apartamentos. Afinal, eles terão um espaço nas áreas de lazer para brincar e conviver com outras pessoas da mesma faixa etária, sem, no entanto, estarem expostos e acessíveis a estranhos da rua.

2. Maior qualidade de vida e opções de lazer

Os condomínios de apartamento são projetados para oferecer maior qualidade de vida, incluindo, em suas áreas de usos comuns, recursos como playground, salões de festa, academias, churrasqueiras, piscinas, entre outros benefícios que seriam muito mais difíceis de serem construídos e mantidos em uma casa para uso exclusivo.

Todas essas comodidades, aliadas à tranquilidade de saber que se tem mais segurança, são capazes de aumentar a sua qualidade de vida. Além disso, estamos na era da economia compartilhada em todas as áreas. Por isso, seria um desperdício de recursos manter, por exemplo, uma piscina de grandes proporções para uso exclusivo de uma única família em uma casa.

Certamente, o planeta agradecerá se você puder dividir o que for possível com o seu vizinho e, de um modo ou de outro, a qualidade de vida de todos aumentará.

3. Localização privilegiada

Os locais para a construção de condomínios de apartamentos são escolhidos estrategicamente pelas construtoras, que observam o potencial de crescimento da região, a acessibilidade e a mobilidade dos recursos de transporte público, o comércio na vizinhança, a proximidade de escolas, prontos-socorros e áreas verdes, dentre outros fatores, que também influenciarão diretamente a qualidade de vida dos moradores e a capacidade de valorização do bem.

4. Manutenção compartilhada

Quem já morou em casa sabe o quanto pode ser trabalhoso fazer a manutenção de itens básicos, como a limpeza da caixa d’água e da caixa de gordura, por exemplo. Muitas vezes, esses tipos de serviços custam caro e não há como fugir de realizá-los, uma vez que interferem diretamente na saúde dos moradores e no bom funcionamento do imóvel.

Arcar com essa manutenção sozinho fica bem pesado e é o que acontece com quem opta por viver em uma casa. Já quem escolhe morar em um apartamento tem todos os serviços ― não somente os básicos, mas também, outros que proporcionam mais conforto, como os elevadores e academias ―, feitos pelo condomínio e rateados entre todos os outros moradores. No fim das conta, isso os torna muito mais acessíveis para cada um.

5. Atividades coletivas

Por falar em outros moradores, não dá para ignorar as questões relacionadas à coletividade. A vizinhança de um condomínio de apartamentos traz a oportunidade de novas amizades e da realização de atividades em conjunto, como festas juninas, comemorações de final de ano, eventos especiais para o dia das crianças, entre outras ideias bacanas que podem ser organizadas pelos próprios condôminos.

Além de celebrar a cultura brasileira, essa convivência aproxima ainda mais os moradores. São essas pequenas motivações que levam a grandes parcerias. A partir de então, pode ter certeza de que os vizinhos serão ainda mais solícitos e simpáticos, enquanto o condomínio se torna uma verdadeira comunidade.

7. Tudo em um só lugar

Viver em um condomínio de apartamentos também traz benefícios na hora de fazer compras e na realização de outras tarefas do dia a dia, como ir à academia ou mesmo ter onde deixar as crianças em segurança enquanto se dedica a essas atividades.

Por exemplo, muitos condomínios têm suas próprias feiras livres, mercadinhos, padarias, bancos e outros tipos de estabelecimentos comerciais essenciais, capazes de tornar a vida dos moradores muito mais fácil. Em alguns casos, é possível encontrar, inclusive, a prestação de serviços como lavanderias, espaços kids com monitores etc.

Além disso, alguns condomínios realizam até mesmo bazares coletivos com ofertas dos próprios moradores ― como artesanatos, roupas, objetos de decoração, móveis, eletrodomésticos, etc. ― o que torna todos esses itens acessíveis para você, sem a necessidade de sair de casa. Se quiser desapegar de alguma coisa, seja fazendo uma doação, seja gerando um dinheiro extra, poderá tirar ainda mais proveito desses eventos.

Com você viu, existem diversas vantagens de morar em apartamentos, principalmente porque os condomínios oferecem praticamente todos os benefícios que você teria em uma casa com quintal, como a área de lazer e muitos outros que você jamais teria em uma residência privada, como o compartilhamento de recursos e da manutenção básica.

Agora que você já percebeu quais são as vantagens de morar em um apartamento em vez de em uma casa, está na hora de alcançar a sua independência financeira para a compra do seu imóvel. Aproveite a visita ao blog para continuar navegando pelos conteúdos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *