Maceió, um lugar de belas praias e povo hospitaleiro

Maceió, capital de Alagoas, é considerada umas das cidades mais bonitas do Brasil. Também não é por menos, seus 510,655 km² são repletos de belas praias de águas cristalinas com vários coqueiros, rica gastronomia, numerosos monumentos, boa infraestrutura de hotéis. Além disso, seu povo é hospitaleiro e recebe os turistas com alegria.

O seu nome é de origem tupi. Os índios batizaram o lugar de “Maçayó” ou “Maçai-o-k”, que signifi ca “O que tapa o alagadiço”. Há diversas explicações para o surgimento da cidade. Segundo historiadores, a cidadenasceu de um antigo engenho de açúcar por volta do Século 18; outros acreditam que tenha surgido em uma pequena vila de  pescadores.

Independente de sua origem, Maceió é um dos lugares mais visitados por turistas brasileiros e estrangeiros durante o ano todo, especialmente por quem gosta de mergulhar. Vale a pena conhecer as piscinas naturais, que são um convite ao sossego. Confi ra os principais pontos turísticos de Alagoas.

Capital
Praia da Ponta Verde e Jatiúca.
São as mais badaladas.Têm bares com música ao vivo e grande concentração de hotéis com alto fluxo de turistas.

Litoral Sul
Praia do Francês.
Tem este nome porque foi colonizada pelos franceses. Conhecida internacionalmente, esta bela praia fi ca a 33 km de Maceió, possui ótimos quiosques que servem pratos típicos.

Litoral Sul
Massagueira
Vila de pescadores às margens da lagoa do Mundaú,
tem vários barzinhos que servem pratos regionais, como pirão de peixe, caranguejo, peixada e moqueca de camarão

Litoral Norte
Praia de Maragogi
Localizada próxima ao rio Maragogi, suas águas são mansas, claras e mornas e as areias bem fi nas. Ideal para mergulho junto as piscinas naturais formadas durante a maré baixa. Há uma boa infraestrutura, com restaurantes, bares e lojas de artesanato. Sem falar nos coqueiros que dão ótimas sombras para quem quer tirar um cochilo no final da tarde.

As dicas de turismo em Maceió são do colaborador Rodrigo Soares, do departamento Financeiro da MBigucci, que morou durante nove anos em Maceió (AL).

Crédito fotos: Secretaria de Turismo de Alagoas. Divulgação/Arquivo pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *