fotorcreated

O empresário Milton Bigucci, presidente da construtora MBigucci, participou da 4ª edição do evento Construindo o Grande ABC – maior congresso do setor imobiliário na região – que reuniu no dia 27/10, cerca de 300 profissionais do mercado em um dia de muito aprendizado e boas perspectivas.

O encontro trouxe como palestrantes importantes nomes como: o secretário de Habitação do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia; o economista-chefe do Secovi, Celso Petrucci; o vice-presidente do Interior do Secovi-SP, Frederico Marcondes; o gerente regional de Construção da Caixa ABC, Rafael Arcanjo, o presidente do SCIESP, Alexandre Tirelli; entre outros. Também participaram do evento os diretores da MBigucci: Roberta Bigucci, Marcos Bigucci, Marcelo Bigucci, Robson Toneto, Rubens Toneto e Milton Bigucci Junior, que, na posição de vice-presidente da ACIGABC, coordenou o painel “O que esperar das novas gestões”, juntamente com o presidente da entidade, Marcus Santaguita.

O evento foi promovido pela ACIGABC (Associação dos Construtores, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC).

Injeção de ânimo

Os palestrantes do Construindo o Grande ABC foram unânimes em afirmar que o cenário da economia e da construção começam a mudar. Apresentando programas, dados e indicadores do mercado, eles deram uma “injeção de ânimo” aos participantes. O secretário de Estado da Habitação, Rodrigo Garcia, falou sobre os eventos que vão movimentar o mercado nos próximos meses como o lançamento do Minha Casa, Minha Vida faixa 1,5; o programa Lotes Urbanizados, as PPPs (parcerias público-privadas) da Construção, além de um grande Feirão da Casa Própria para Funcionários Públicos. “Vejo o setor com entusiasmo. O cenário está começando a mudar. A economia está mostrando uma busca pela retomada dos empregos e a Construção Civil é a verdadeira geradora de empregos neste país. Essa crise tem de servir de desafio e não acomodação para todos nós”, afirmou.

O economista chefe do Secovi, Celso Petrucci, também foi categórico sobre a melhoria do cenário: “A demanda está muito reprimida e o déficit habitacional ainda é muito grande. Deveremos ter 14,5 milhões de novos domicílios até 2025, considerando dados de faixa-etária, casamentos, separações e crescimento vegetativo. Ainda atravessamos uma crise muito grave, mas temos muita demanda e o cenário do filme começa a melhorar e o roteiro para 2017 parece ser muito bom!”

Vale destacar que a maioria dos palestrantes, incluindo o secretário estadual da Habitação, parabenizaram publicamente a MBigucci pelos seus 33 anos e comentaram sobre a força e importância de Milton Bigucci para o setor da Região! Isso mostra a grande importância e representatividade da construtora MBigucci no mercado!